História de Vida

Apresentando o aluno Mário Abrileri

“Eu, Mário Abrileri, quando era criança não obedecia a minha mãe. Ela me levava para a escola e, eu fugia, não queria estudar, porque eu gostava de brincar na rua de jogar bola.

A minha mãe me dava conselhos, mas eu não obedecia.

Eu fui um menino muito levado, eu discutia com meus pais porque não queria trabalhar. Eu gostava de ficar na farra porque os meus colegas ficavam. Meus irmãos não gostavam das minhas atitudes e achavam ruim comigo.

Minha mãe falava: “As horas passam e você não cria juízo”.

Eu fui um rapaz que não gostava de conselhos, tive a oportunidade de arrumar bons empregos para trabalhar e ajudar a minha família, mas eu não queria ouvir conselhos de ninguém, porque eu gostava de fazer as coisas que eu queria.

Meus pais e meus irmãos gostavam muito de mim.

Luciana, eu peço desculpas porque eu fui um menino muito cabeçudo… Essa foi a minha vida”.

Hoje, Mário Abrileri é aluno do CAAM, está no IV termo do primeiro segmento.

Ele é um aluno muito dedicado e esforçado, sempre interessado em aprender mais.

O seu interesse maior é aprender a Divisão, poir ele adora a matemática, e também a ler e escrever rapidamente.

Apesar das suas dificuldades, o aluno é um exemplo de vida para todas as pessoas!

Parabéns Seu Mário!

mario-abrileri-2.jpg

Anúncios

3 Respostas so far »

  1. 1

    Marcelo Abrileri said,

    São três, os meus comentários:

    1) Pena que quase que uma vida inteira tenha sido desperdiçada com tais atitudes impensadas;

    2) No entanto, que bonito ver uma postura como esta, humilde e reconhecedora de seus erros.

    3) Mas mais bonito ainda é ver que nascem atitudes para corrigir o passado e o tempo perdido, deixando que finalmente o crescimento aconteça.

    Parabéns Mario e parabéns a todos os seus mestres que estão te ajudando a trilhar este novo e bonito caminho.

    Paz e Sucesso a todos

  2. 2

    anaeluciana said,

    Marcelo,
    Agradecemos a sua presença no nosso Blog Luz e Vida. O seu tio fica orgulhoso ao receber o seu comentário e, felizmente, ele soube repensar e avaliar que seu tempo foi desperdiçado em besteiras. Todos nós temos o direito de errar e, hoje arrependido, ele sabe que todos os familiares o avisaram e queriam o seu bem!
    Obrigada pela participação! Volte sempre!
    Luz e Vida

  3. 3

    Elisa Kerr said,

    Senhor Mário,

    Fiquei muito feliz ao ler sobre sua vida no blog. Me lembrei das aulas de artes que o senhor participava e de como o senhor falava do menino levado que fugia da escola. Hoje esse menino, que ainda vive, não quer sair da escola. Essa vida dá voltas mesmo…

    Parabéns meninas pelo desempenho com os alunos.

    Parabéns senhor Mário e continue sendo um menino aplicado.

    Sua Prof. Elisa kerr


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: