Juventude e Álcool, uma Química que não combina!

Quem tem o hábito de frenquentar os mesmos Points que os jovens  e adolescentes, ou circula pelos arredores de escolas e universidades da cidade de São Paulo, principalmente as quintas e sextas feiras, pode perceber a gravidade da situação. O número de Jovens, meninos e meninas, ingerindo os mais variados tipos de bebidas alcoólicas, transbordam dos bares e invadem as calçadas, praças e ruas, impedindo o trânsito de automóveis  e pedestres.  Este tipo de comportamento, encarado como uma  das muitas transgreções, típicas da adolescência, não tem recebido a devida atenção por parte da família e da sociedade e vem assumindo contornos de calamidade. Pesquisas realizadas (revista veja, pag.  ed.)  constatam que o consumo exagerado de alcóol causa danos cerebrais irreversíveis, provocando déficits na memória, dificuldade no auto controle, falta de motivação, e ainda propícia ao usuário o perigo de se tornar um alcoólatra.  O alcóol é uma droga liberada, tolerada pela sociedade e as vezes incentivada pelos próprios pais.  Embora exista  a proibição  da venda á menores, na maioria dos estabelecimentos as leis não são respeitadas. 

As propagandas de bebidas alcólicas foram proibidas no Brasil, pois influenciavam o uso de uma droga silenciosa e liberada.

É  comum encontrar adolescentes, pegando carona com jovens maiores e burlando a lei, utilizando documentos adulterados para a compra e uso do alcoól.  No Brasil a iniciação ao uso do alcoól se dá cada vez mais cedo: aos doze anos. Enquanto que nos anos noventa ocorria aos catorze anos, o que torna a situação ainda mais sombria, pois além de causar danos neurológicos, o uso do alcool expõe os jovens a distúrbios de comportamento causando riscos mais imediatos, como: envolvimento em acidantes de trânsito, violência sexual, sexo sem proteção e brigas.

O hábito de beber também pode deixar o jovem mais vulnerável á outros tipos de drogas, pois ao ingerí-lo ele perde a capacidade de raciocínio,  ficando impossibilitado de medir a consequência de seus atos.  É dever dos pais, da escola e da sociedade  alertar esses jovens sobre os perigos que estão correndo, a fim de evitar danos maiores no futuro, uma vez que a maioria deles,  podem ignorar as implicações, pessoais e sociais que possam vir a sofrer devido ao uso inadequado de  qualquer tipo de bebidas alcoólicas.  

Conhecer o problema é a maior forma de prevenção

Clique na foto e conheça mais sobre o assunto:

       

A organização mundial da saúde considera o alcoolismo uma doença de caráter triplo, pois afeta a mente, o físico e o social.  Membros experientes participantes do programa de Alcoólicos Anonimos (AA) afirmam que o Alcoolismo pode levar a insanidade ou até a morte. A doença não tem cura, mas pode ser detida por total abtinência do acool.  Muitas pessoas acham que alcóolico é aquele indivíduo que está jogado nas calçadas, porém, nos lares brasileiros existem milhares de pessoas que sofrem por causa da ingestão excessiva de alcóol. Um dos sintomas da doença é a compulsão pela bebida. É considerado alcoolico o indivíduo que quando bebe causa algum problema  para si ou para as pessoas com quem se relaciona. Ele sabe que não pode beber, mas não consegue deixar de fazê-lo, pois ao ingerir o primeiro gole sempre acaba embriagado. porém Existem muitos tratamentos para o alcoolismo e o primeiro passo para a cura é o forte desejo  parar de beber.

Um doente alcóolico pode afetar muitas pessoas, principalmente aquelas que convivem diretamente com ele. Essas pessoas passam se preocupar com a maneira de beber da outra e tentam protegê-la e controlá-la. Não conseguindo acabam se sentindo frustradas , culpadas e fracassadas. 

O AL_ANON é uma associação de parentes e amigos de Alcóolicos que se reunem para discutir os problemas que têm em comum. Não é ligado a nenhuma ceita ou religião, seu único propósito é proporcionar alívio para aqueles que sofrem devido a maneira de beber  de alguém. 

 

Anúncios

14 Respostas so far »

  1. 1

    Miriam said,

    Oi Luciana e Ana!
    Adorei o espaço de vocês!
    Realmente essa questão do álcool e outras drogas é assustador! Para quem é mãe de adolescentes, como é o meu caso, uma preocupação constante.
    Outro dia vi uma animação muito bacana sobre os efeitos das drogas no cérebo de ratos. Se chama Mouse Party e o endereço é http://learn.genetics.utah.edu/units/addiction/drugs/mouse.cfm
    Mostrei para meus filhos, na esperança de que eles, sabendo os efeitos das drogas no cérebro, fiquem longe delas!
    Um abraço
    Miriam

  2. 2

    Neide Pedrozo (aluna IV Termo) said,

    Nós pais e avós não podemos deixar nossos filhos fazerem tudo que eles querem, temos que ficar de olho em tudo, prestar atenção em casa: como eles lidam com os pais, sempre dá para perceber alguma coisa. Procurar olhar todos os dias nas roupas, cheirar para ver tem cheiro diferente, sempre dá para percebre alguma coisa errada. Não podemos deixar nosso netos e filhos entrarem nesses vivcíos, seja bebida ou drogas, depois que eles entram é muito difícil de sair.

  3. 3

    lucia said,

    oi pessoal olha o que eu queria era que todas as pessoas que bebem que deixassem de beber porque as bebidas faz mal a saude

  4. 4

    Chaves said,

    Gostei do assunto, já até pesquisei para palestra em sala de AA, sou palestrante há mais de 10 anos, fço parte desta irmandade, sempre estou com telão em sala de AA.

  5. 5

    loide Diana said,

    Olá gente, Eu preciso da vossa ajuda, tento fugir do alcool mas nao aguento. tchau

  6. 6

    ana granado said,

    oi Diana! se quiser realmente ser ajudada procure uma sala de AA. Vai encontrar o endereço que fica mais perto de sua casa ou peça pelo telefone que também encontrará no site. Participo da associação porque tenho familiares alcoólicos. muitos já conseguiram se livrar do alcoól. você com certeza também conseguirá.

  7. 7

    Bianca said,

    Achei muito interessante abortar sobre essse assunto ,eu concordo e acho q qto mais gente souber mais fácil será para ajudar os jovens que passam por isso!!Obrigada vai me ajudar a fazer um ótimo trabalho pra escola !

  8. 8

    Olá! Adorei a abordagem do assunto.
    Sendo adolescente, percebo cada vez mais o uso de bebidas e drogas por pessoas de minha idade.
    Muitos amigos próximos sofrem também, como foi afirmado no texto por vocês. Tento sempre estar auxiliando-os, mas, como vocês mesmas disseram: “Não conseguindo acabam se sentindo frustradas , culpadas e fracassadas.” Às vezes, é dessa forma que me sinto em relação a tais amigos.
    Fiquei impressionada ao ler que adolescentes de apenas doze anos já estão entrando “nesse mundo”. Temos, sim, que fazer algo para reverter esta situação, nós como amigos, ou pais, educadores e em sociedade.
    Não devemos desistir de lutar pela vida!

  9. 9

    Karen Pereira said,

    Na minha igreja temos um grupo de jovens e na nosa proxima reunião eu vou falar sobre o alcoolismo.Adorei essa materia!

  10. 10

    Carlos said,

    tenho um trabalho de escola sobre esse assunto e vcs me ajudaram muito obrigado!!

  11. 12

    Carlos said,

    acabei de mostrar meu trabalho atraves do email e tirei 9 mais uma vez muito obrigado!!

  12. 13

    gesiane said,

    o q tenho a dizer q ja estive bem proxima de cair no mundo do alcool..
    mais antes de fazer o errado percebe q nao valia apena..
    E so quero dizer aos depedentes q com força de vontade a gente sempre comsegue…
    E SEMPRE DIGA NAO AS BEBIDAS….
    VALEUU….E….BOA…..SORTE….

  13. 14

    legal said,

    interessante…adorei


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: